segunda-feira, 29 de outubro de 2012

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Eu tinha dito que te esqueceria, mas no meio da noite me peguei pensando em você novamente. 

O tempo passa, mas nem sempre leva a dor embora.

E vai se importar no final?


E te machucam, acham que tu irá esquecer. "Não tem problema, ela esquece!" vivem dizendo, o coração de ninguém é de ferro, podem fazer assim transparecer, mas nunca é bem assim, nunca. Sorte quem tem é quem consegue não se machucar por desventura dos outros, quem disse que a vida seria fácil, ao certo,  mentiu. Vida é dor, vida é alegria, vida é confusão. Ou você está feliz ou triste, nunca o meio termo. Mas me escute agora e não retruque, sorrir às vezes é tão bom, mesmo chorando por dentro. 

sábado, 27 de outubro de 2012

No abismo, ela se perdeu.

sábado, 27 de outubro de 2012

Me joguei num precipício de dor e solidão, me enganei quando me deixei apaixonar, um amor impossível, tudo ao meu redor gritava. Não escutei. Fui ensurdecida pelos sentimentos fortemente apontados para sua direção. Agora me encontro em um lugar vazio e escuro dentro de mim mesma, a minha estupidez foi gigantesca a ponto de me fazer sangrar por dentro, quase morta. Acreditei no para sempre que ele disse, me enganei, me matei. Palavra para descrever tamanha dor não existe. Tentei acreditar, achar uma saída que agora és completamente inexistente. Me encurralei num beco sem saída ao me apaixonar pelas tuas palavras, e o que fazer agora? Come me salvar? Oh céus, onde encontrarei uma luz? Amanhã quem sabe ou não saberei me encontrar.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Visita - Esteban

quinta-feira, 25 de outubro de 2012
E quando for voltar me diga quando vai chegar.





terça-feira, 23 de outubro de 2012

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Foi um erro. Um erro comum de se cometer, mas foi o mais bonito de todos os meus erros e o mais doloroso.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Only find my happiness in your arms

quinta-feira, 11 de outubro de 2012



Você me faz feliz. Sei que se seguir o teu caminho chegarei aos céus. Sinto-me viva, com você ao meu lado. Não quero te perder, nunca,  pois não sei o que seria da minha vida sem a tua presença.
Você é o que me faz sorrir, você é o que me faz ter forças para seguir.
Você é a parte que faltava no meu quebra-cabeça.
Você... Ah, sem você, não sei o que seria de mim.
Talvez eu seria a mesma garota sem motivação de sempre. Mas com você sou feliz.
E apenas isso o que me faltava para estar feliz diariamente. 

Perdidamente eu.


quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Résumé

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Lâminas causam dor;
Rios são úmidos;
Ácidos mancham você;
E drogas causam cãibra.
Armas são ilegais;
Forcas cedem;
Gás tem um cheiro horrível;
É melhor viver.

Arrebata(dor)


Preciso, mas não posso, quer dizer, talvez não é que eu não queira de tanto ter sido ferida por tais pessoas que se diziam estar ao meu lado, mas sempre acabavam me machucando, me deixando num canto sangrando até minhas forças deixarem o meu corpo, tenho receio de deixar as pessoas entrarem na minha vida por medo de mais decepções. Os que ainda permanecem são os únicos que permito deixar secar minhas lágrimas. Pessoas nos machucam.

domingo, 7 de outubro de 2012

Teus braços, meu abraço

domingo, 7 de outubro de 2012

Me encontro nos teus braços, me ilumino ao olhar os olhos teus, o que era escuro se clareou com a tua presença. Teus braços que me rodeiam, que prendem no teu abraço me fazem sentir segura a ponto de não me importar se acaso o mundo estiver no seu fim. Tua voz tão doce ao falar comigo me prende mais nessa tal paixão, teus lábios quando encostados aos meus são como o céu, meu bem querer será você.

Calúnia


E eles a chamavam de egoísta, calúnia, pois ela o amava mais que sua própria vida. 
disorder © 2014