sábado, 7 de março de 2015

sábado, 7 de março de 2015

Eu sou todos os cinco minutos de Be Quiet And Drive. Sou um desastre e não sei dançar. Tenho um jeito meio torto de amar e não levo jeito para abraços. Sou amante do silêncio. Adoro o jeito como a cidade fica a noite. Sempre acho que esqueci alguma coisa, na maioria das vezes estou certa disso. Sou magrela e tenho unhas grandes que só pinto de preto. Me fascino tão rápido por histórias bizarras, tal como serial killers e massacres. Acredito em tudo ao mesmo que não acredito em nada. Não gosto de falar. Choro sofregamente por tudo e sempre acho que a vida pode acabar em um minuto. Tenho olheiras que jamais saem, marcas das minhas noites em claro por pensar demais. Minhas mãos estão sempre geladas. Eu tropeço em tudo e nunca presto atenção em nada, talvez por passar tempo demais no mundo da lua. Gosto dos pôsteres grudados na parede do meu quarto, passo horas olhando para o pedacinho do céu da minha janela. Acho que o mundo é tão grande e eu tão pequena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

disorder © 2014