segunda-feira, 30 de abril de 2012

segunda-feira, 30 de abril de 2012


Sempre te quis de um jeito impossível, de um jeito pelo qual você nunca me quis, sempre estive lá do seu lado, mesmo quando todos se foram eu estive lá, onde você nunca me notou.            Admirava-te de longe, sonhando em um dia ser o motivo de um sorriso teu, em ter um abraço teu. Quando fechava os olhos juro que podia sentir os teus lábios encostados aos meus. Canções e mais canções foram ouvidas por mim pensando em ti, tinha medo de me aproximar, talvez pudesse estragar tudo e os meus sonhos teriam um fim. Que bom me faria se algum dos tantos sonhos que tive virasse realidade, talvez assim um sorriso verdadeiro nascesse no meu rosto. Já faz parte da minha rotina aprender sobre você, já faz parte de eu falar de você, pensar em você, querer você. “Tola” dizem as pessoas ao meu redor, dizem que nunca vou te ter ao lado meu, dizem que nunca vai saber de minha existência. Ah, que bobagem, dizem que a esperança é a última que morre, não é mesmo? Pois bem, assim será, seguirei meus instintos e terei esperanças até que um dia ela se vá, e nada me restar a não ser desistir do seu amor. Mas, é tão bom olhar para ti, se as pessoas soubessem como é bom... Mas prefiro que não saibam, por que não resistiram ao seu encanto, prefiro que seja apenas “meu”. Até lá fico apenas com meus sonhos [...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

disorder © 2014