quarta-feira, 1 de maio de 2013

Caos de mim

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Textos incompletos cheios de meias palavras, lágrimas sem sentido e a hora não passa, eu tô perto e ao mesmo tempo tô longe, esse texto não faz sentido porque eu simplesmente não faço sentido. O que é isso? Será que é certo chamar de vida ou é só uma peça de teatro mal feita? Não sei ser atriz, não aprendi a brincar de ser outra pessoa, só sei ser eu mesma, talvez seja isso tudo uma farsa de sei-lá-o-quê, tô perdida na minha vida, sou um caos ambulante transpirando clichês melodramáticos, presa em mundo que nem se quer existe. Merda! Eu perdi de novo, eu perdi você de novo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

disorder © 2014