terça-feira, 24 de julho de 2012

Times that never returned

terça-feira, 24 de julho de 2012

Eu sempre acreditei em você, até mesmo quando você dizia que estava tudo bem, nunca pude acreditar que você se cansaria e partisse, talvez amanhã você poderia voltar, mas não foi bem assim, você nunca mais voltou. E hoje parece que uma parte de mim, o coração para ser mais especifica, está prestes a morrer pela falta que você me causa. Nenhum dia será mais o bastante para eu pois o que me fazia seguir a vida se foi para longe, a minha paz se perdeu. Sinto a sua falta, é como se tudo o afastasse para longe. Nem a luz do sol é bastante para me fazer sorrir, tudo ao meu redor me lembra você, é como se tudo tivesse o teu nome escrito, e nem se eu deixar escapar mil lágrimas eu vou parar de sofrer. Tudo a minha volta está como antes, a chuva me traz lembranças de tudo, como sorrir se o motivo do meu sorriso sumiu? Estou confusa você  não sai mais da minha mente, gostaria que tudo isso não passasse de um sonho. Eu só queria acordar com você ao meu lado mais uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

disorder © 2014