terça-feira, 19 de janeiro de 2016

esse coração partido costumava ser meu

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

acho que estou perdida, terrivelmente perdida. ainda me lembro dos seus olhos nublados antes de me dizer aquelas palavras duras, antes de se despedir pela última vez. eu não pude dizer nada, por mais que estivesse com a boca aberta não conseguia encontrar palavras, mesmo que as tivesse buscando incessantemente, eu não pude detê-lo. mas que diabos eu estava pesando? porque não o alcancei e gritei tudo o que sentia? mesmo depois de deixar todas as lágrimas serem derramas não me sentia aliviada, existia uma agonia no meu peito, algo que me dizia que era o fim e não havia nada que eu faria para mudar isso.
não aguentava o próprio peso do meu corpo, então me rendi e deitei na cama afundando o meu rosto contra o travesseiro, deixando as lágrimas novamente rolarem e o encharcarem. lembranças logo tomaram a minha mente, como quando cantei num sussurro "the world was on fire and no one could save me but you". lhe fazendo fechar os olhos e deixando escapar um sorriso satisfeito nos teus lábios. eu lutei para dispersar essas malditas memórias, inutilmente, é claro.
algo estava quebrado dentro de mim, não era somente meu coração já frágil, tinha certeza de que tudo havia sido despedaçado, como se tivessem puxado algo com força. e haviam, você havia..

Um comentário:

  1. Chorei lendo textos seus... E resolvi seguir (mesmo sabendo que vou chorar mais, risos) porque é tudo de uma beleza e uma profundidade...

    ResponderExcluir

disorder © 2014