sábado, 22 de setembro de 2012

Então se foi, a minha alegria se foi.

sábado, 22 de setembro de 2012

Foi embora e me deixou sozinha e incapaz de sobreviver em um mundo onde você não faça parte, o amor que sinto foi abafado pelas lágrimas abundantes da tristeza que abita o meu peito, nenhuma das tantas palavras seriam capazes de representar a dor que existe em mim. Sinto-me uma tola por continuar te amando tão fortemente quanto antes, tu não estás mais ao meu lado, mas o meu amor só cresce me fazendo querer ir a tua busca para lhe dizer tudo o que passa comigo, mas se isso adiantasse algo... Já não sei quantas palavras lhe escrevi suplicando para que voltasse, queria lhe fazer lembrar de todos os momentos bons que tivemos juntos. Se tu soubesses o quão difícil é dizer adeus para quem se ama. Tudo o que eu preciso agora era ouvir a tua voz tão doce me dizendo que tudo não passa de um engano e que você nunca me deixaria, é apenas do que eu preciso. Me abraça mais uma vez antes de dizer adeus totalmente, precisar tanto de você como eu preciso me parece ser tão desnecessário, mas o que adianta se nada será capaz de amenizar minhas dores? O meu coração está sufocado, tu ao menos esperaste para ver se isso acabaria, tu ao menos se deu conta que a tua decisão é antecipada demais para definir o para sempre. Espere só mais um pouco, decisões não são tão fáceis como parecem, o amanhecer te levou e não há nada a fazer, você apenas se foi sem me levar, a tua jornada passou a ser sem minha presença e nada adiantou eu lhe pedir para ficar, desta vez tu não me ouviu, pegou tuas malas e atravessou a porta sem me dizer nada, sequer onde iria ou se ia voltar, não quis saber se iria doer. Tu simplesmente partiu.

Um comentário:

  1. A gente perde algumas coisas pra ser feliz encontrando outras. Pense nisso.

    ResponderExcluir

disorder © 2014