quinta-feira, 10 de maio de 2012

Aquele que deixei escapar

quinta-feira, 10 de maio de 2012

 

Eu deixei você ir, depois de tanto tempo ele se foi, uma manhã fria como todas as outras, sentada na cama, de um lado o meu café do outro meu cigarro que se apaga aos poucos no criado mudo, assim como minha vida.
Estou quieta e cabisbaixa com um vazio dentro do meu peito um lugar onde nenhuma outra pessoa irá preencher. Minhas lágrimas são em vão, pois nunca o trarão. Não consigo sair deste lugar, intacta neste cenário de tristeza.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

disorder © 2014