quarta-feira, 16 de maio de 2012

Loin de moi

quarta-feira, 16 de maio de 2012


Perdi-te no vento. Não consigo mais ver os teus olhos. Perdi o teu sorriso.
Nas estradas não vejo mais os teus passos. Já não sinto mais o teu cheiro. Na nossa cama tem um lugar vazio.
Nas palavras não sei mais aonde esta a sua voz.
Jogo cartas ao vento com a esperança que o vento que te levou entregue as minhas palavras.
Te procuro nas minhas simples coisas, te acho em espelhos, mais o teu reflexo está longe.
A palavra "para sempre" já não existe.  O teu corpo não esta mais ao meu lado; a lua me disse que o teu amor ainda esta vivo, acham que estou louca, sou louca até te achar. As estrelas me dizem a todo o momento que os seus beijos estão longe; mais ainda o teu coração não sei, não querem me dizer.
Nas músicas não sinto mais a tua presença.
Me perdi no tempo, você não está no passado, desapareceu do presente e nem sinal de ti no futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

disorder © 2014