quinta-feira, 31 de maio de 2012

Pain

quinta-feira, 31 de maio de 2012


Sinto-me tão sozinha em um lugar cheio de pessoas, estou cheia de dizer que estou bem, eu não estou bem.

Sinto a tua falta, porque você mentiu, disse que gostava de mim? E agora?
Cansei-me de chorar por coisas que não vão voltar mais, cansei-me de chorar por você.
Meu coração já está fraco por sofrer tanto, ele já está cansado de dizer Adeus.
Tudo está tão distante agora, parece que todos sumiram, há músicas que me fazem chorar pensando em você, mas eu não consigo parar de ouvi-lás até parece que quero me torturar com suas lembranças.
Juro, você não sai dos pensamentos, tudo o que agente passou vai ficar para sempre me machucando, é tão difícil esquecer tudo, por quê?
Nada será capaz de te trazer de volta, nada me faz conseguir me afastar de você, a chuva me traz lembranças.
Você era tudo o que eu tinha e agora eu não tenho mais nada, nem mesmo sonhos, tenho até medo do presente.
Isso tudo sempre vai ficar em mim, coisas que são inevitáveis de esquecer, mas nada real.
As conseqüências das suas atitudes se tornaram insuportáveis para mim, você era o meu melhor, evidências do que foi esse amor vou carregar para o resto da minha fatídica vida, não vou conseguir suportar, o que será de todas as dores?
Nunca terei forças o bastante para me recompor, para me achar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

disorder © 2014